g2h

sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

Rapel

Rapel, deve ser praticado com toda segurança necessária usando as técnicas e materiais adequados, respeitando assim seus limites e os da natureza para não haver acidentes.

Para quem nunca praticou Rapel, o ideal é fazer o curso básico e se houver interesse, posteriormente, no avançado. Basta apenas ter coordenação e compreensão dos comandos e técnicas a ele ensinado.


No Rapel a adrenalina está na descida onde o praticante (e não rapeleiro ou rapelista) faz manobras com a cadeirinha invertida, virando de ponta cabeça fazendo descidas com velocidade, e várias manobras, mas com total segurança. Este rapel pode ser considerado um esporte.






Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seguidores

Google+ Badge

Postagens populares

Prestação de serviço

  • "TAMBÉM PODERÁ GOSTAR DE:"